Passa tempo, passa!

|

Apesar de estar muito feliz, meus dias não têm sido tão legais. Não é nada demais, apenas é ruim fazer certas coisas sozinho, quando poderíamos estar bem acompanhados. Eu sempre digo, e reafirmo aqui, que de dois as coisas são bem melhores.
Sinto muito saudade e falta desse meu amor que amo muito. quando estamos juntos, estamos sempre fazendo alguma coisa. Ainda bem que gostamos das mesmas coisas e o que um diz, o outro sempre concorda e está disposto a fazer, ou ir, ou simplesmente nada fazer. Sim, até quando não estamos fazendo nada, estamos fazendo alguma coisa.
Vocês entenderam? Não, ah...mas ok, ele e eu sabemos como é e como é bom ficarmos de bobeira junto um do outro. Nossa...e ainda mais quando eu estou no lado direito!
Mas enquanto esse mesmo tempo solitário vai passando, fico feliz com a certeza do nosso reencontro em breve, onde vamos começar a criar condições para uma nova fase juntos. Não me vejo vivendo meus dias, meses, anos assim, longe desse amor que hoje me faz tão bem.
"Justo quando a lagarta achava que o mundo tinha acabado,
ela virou uma borboleta"

Beijos para meu amor, sempre e abraços a todos!

1 Comentário:

Júlia disse...

Oi Braz! Finalmente consegui dar uma espiadinha no seu blog. Adorei as mensagens repletas de carinho e dedicação.
Te admiro muitíssimo pela sua coragem e por todo o amor que sentes por essa pessoa maravilhosa que é o meu amigo Marcos. Desejo dias ainda mais felizes para vocês.
Um grande beijo; Júlia.

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário!
Ele será lido e publicado posteriormente.

 

©2009 Que não seja imortal, posto que é chama... | Template Blue by TNB