Economizando palavras

|

Ele: Oi!
Ela: Oi!
Ele: Tudo bem, quanto tempo?!

Ela: Tudo, e vc?

Ele: Também, trabalhando bastante...

Ela: Sei como é isso....

Ele: bla, bla, bla......

Ela: bla, bla, bla.....

Ele: Sabe de uma coisa?

Ela: Não!

Ele: Um dia eu queria te dizer algumas coisas...
Ela: E por que não diz?

Ele: Hum....Hum...Porque não é fácil pra mim.

Ela: Ok, mas lembra, sou eu...pode falar o que você quiser... entre a gente nunca teve isso...


(Silêncio)


Ele: Eu sei... um dia eu te falo... ou não
...

...

...

Este diálogo é apenas para ilustrar o título de hoje. Por que as pessoas economizam tanto as palavras ? Na verdade economizam aquelas que realmente importam, que realmente fazem diferença, porque as que são para "passar o tempo", ou algo semelhante, ah...essas estão em excesso por aí...
Será que ninguém percebe que o que se tem a dizer pode fazer uma GRANDE diferença na vida de alguém? Depois aparece aquela velha história...o tempo passa e "
eu deveria ter dito pro fulano/a..."

Eu detesto pessoas "pão-duras", principalmente as que são pão-duras nos sentimentos e em suas formas de expressão...
Eu sempre digo que o problema não é o que se diz e sim como se diz...Então, tomando o devido cuidado com o outro, podemos falar de tudo, inclusive do que nos desagrada...
Mas o mais engraçado é que pra falar do que não agrada, as pessoas não têm tantos problemas assim...Mas para falar dos sentimentos...poxa, quanta miséria existe!

Então estou aqui fazendo uma "campanha", para que as pessoas não deixem passar as oportunidades de dizer coisas simples, mas fundamentais como
"estou com saudades", "adorei te ver", "você é/ foi muito importante", etc, etc, etc...

Eu realmente admiro as pessoas que falam o que pensam, o que sentem (de maneira respeitosa, elegante, claro). E na minha vida sou assim, ou pelo menos tento com força!

Não sei que mania é essa de achar que os outros sabem o que vai nas nossas mentes, de que "ah, mas ela/ele deveria saber", ou "tá tão na cara..." Não, meus amigos, nada está na cara. Ninguém tem que advinhar pensamentos, se assim fosse não teríamos o dom da fala. Sim, é um dom, mas infelizmente temos passado a maior parte de nosso tempo usando esse dom como armas: armas que ferem quando palavras são ditas para ferir (e como ferem!) e armas que ferem quando palavras não são ditas também...
Pensem nisso!

☼ ☼ ☼
Por isso eu sempre estou dizendo o que penso e o que sinto. E aproveitando a deixa, quero dizer o quanto amo meu amor e o quanto me sinto feliz por tudo aquilo que vem junto com ele!

1 Comentário:

MIster Teles, o Musical disse...

Nossa, fazia um tempinho q nao visitava o seu blog e me encantei com a nova cara dele, tanta coisa bacana! Parabens! Felicidade e Sorte pra vc, Braz!

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário!
Ele será lido e publicado posteriormente.

 

©2009 Que não seja imortal, posto que é chama... | Template Blue by TNB